Skip to main content

A Continuous Integration (CI) ou integração contínua e a Continuous Delivery (CD) ou entrega contínua são métodos que permitem aos desenvolvedores aplicarem alterações de softwares com uma frequência cada vez maior fortalecendo a cultura de DevOps em empresas e software Houses.

Essas estratégias facilitam às equipes de desenvolvedores a entregarem produtos cada vez mais rápido e confiáveis. 

Por isso, os principais conceitos atribuídos a CI/CD, sigla como são conhecidas, são de integração contínua, implantação contínua e entrega contínua.

Quer entender um pouco mais sobre essa prática CI/CD? Então continue lendo este artigo.

O que é a Continuous Integration (CI)?

 

A integração contínua refere-se a um conjunto de práticas de automação para os programadores.

Por isso, o grande objetivo da CI é instaurar um processo automatizado de criação, empacotamento e teste de aplicativos. 

Sendo a CI um processo de integração, os desenvolvedores e programadores têm mais oportunidades de confirmar as alterações de códigos cada vez com mais frequência. O que acaba por produzir uma melhor qualidade de softwares e uma equipe de TI com uma qualidade cada vez maior.

Assim, a CI, como é uma integração contínua, acaba por fornecer feedbacks cada vez mais rápidos. Fazendo com que quaisquer tipos de defeitos surgidos no código possam ser rapidamente identificados e corrigidos. 

O que é a Continuous Delivery (CD)?

 


 

Já a entrega contínua (CD) começa onde a CI termina. 

A CD automatiza o teste dos aplicativos, ou seja, é um conjunto de técnicas que os desenvolvedores implementam para realizar pequenas mudanças e validar o código nos repositórios de controle de versões com uma frequência cada vez maior.

O envio de alterações dos códigos, ou seja, a equipe de programadores cria diferentes ambientes da produção, cada um responsável por cuidar de uma parte do desenvolvimento daquele projeto.

Dessa forma, na CD, a equipe de desenvolvedores pode criar diferentes ambientes de produção para testar os aplicativos com mais eficácia, rapidez e organização.

Importante lembrar que para o CD acontecer de forma correta, o CI já deve estar implementado na sua pipeline. 

Assim, a CD permite um ambiente de produção organizado que responda rapidamente aos seus clientes, tornando, também, a vida dos desenvolvedores e programadores cada vez mais saudável, já que não atribuem muitas funções a uma só pessoa.

Agora que você conhece bem o que é CI/CD é importante saber que parar tornar suas integrações e entregas contínuas mais rápidas e automatizadas é necessário a utilização de ferramentas de qualidade.

Afinal, não basta alterar sua forma de produção sem empregar uma qualidade no processo. Por isso, tenha sempre uma equipe de suporte para lhe ajudar e permitir uma transição suave para este novo processo.

Achou este artigo relevante para a sua atuação profissional? Quer saber mais sobre este e outros assuntos? Então clique aqui e acesse nosso site.