Skip to main content

Primeiramente, devemos entender os possíveis locais onde se pode aprender a programar. Eles são cursos, faculdades, professores particulares ou empresas.

Parece estranho, eu sei. No entanto, utilizaremos dessa classificação para lhe auxiliar da melhor forma na sua curva de aprendizado.

Não necessariamente é obrigatório o uso de apenas um desses lugares. 

Por exemplo, eu posso fazer uma faculdade de Sistemas de Informação e utilizar cursos online para expandir meu conhecimento.

Onde eu posso aprender a programar?

Ao contrário da maioria das outras áreas, para ser programador não necessariamente se deve fazer uma faculdade.

Por conta da grande demanda do mercado, muitas das vezes empresas e organizações oferecem cursos e treinamentos para formar novos profissionais para o mercado de trabalho.

Além dessas organizações, existem diversas plataformas que oferecem cursos ou bootcamps com o intuito de formar mais profissionais.

Outro caso que ocorre bastante é a disponibilização de processos seletivos mesclados com cursos que visam a criação de mais desenvolvedores e a escolha dos que se saem melhor no processo seletivo.

Faculdades

Essa é uma das principais escolhas da maioria dos profissionais. São instituições de ensino que possuem um tempo de duração de curso que varia entre 3 a 5 anos.

Os cursos mais comuns são ADS (Análise e Desenvolvimento de Sistemas), Sistema de informação e Ciências da Computação.

Essas instituições podem ser particulares ou federais, e geram certificações autorizadas pelo MEC.

Cursos

Caracterizados como presenciais ou onlines, são bastante utilizados como complemento das faculdades ou até mesmo como principal fonte de aprendizado inicial.

Em destaque, temos os cursos onlines que podem ser encontrados em plataformas como Udemy ou Alura.

Também é possível encontrar outras plataformas que possibilitam cursos de excelente qualidade de forma gratuita, como, por exemplo, a Digital Innovation One.

Professores particulares

Apesar de parecer antiquado, essa modalidade também sofreu melhorias com o uso da tecnologia.

É possível contratar de forma particular professores particulares para auxiliar em dúvidas ou ensinar o básico da programação.

Hoje em dia também podem ser encontrados utilizando o nome de consultoria. Elas podem ocorrer de forma on-line ou presencial, facilitando a contratação de profissionais de vários lugares.

Empresas

Geralmente agem em parceria com plataformas online que oferecem cursos e bootcamps.

Integrando processo seletivo ao treinamento de programação, pode ser uma das melhores opções se você está tentando conseguir um emprego e aprender a programar.

Em sua maioria, possuem uma excelente qualidade e utilizam de tecnologias utilizadas pelas empresas que fazem parceria nesses processos seletivos.

Podemos utilizar como exemplo os processos seletivos da Gama Academy e bootcamps da Digital Innovation One.

Outros processos seletivos famosos são os processos do Itaú e do Bradesco.

Comunidades de inovação social

Com o objetivo de expandir o empreendedorismo e a comunidade dentro das cidades, as comunidades de inovação social geralmente oferecem cursos, programas e treinamentos em parceria com as empresas locais para o treinamento em diversas áreas (inclusive a área de tecnologia).

Temos o UberHub, por exemplo. É uma comunidade da cidade de Uberlândia que possui o programa CodeClub.

Esse programa ensina a programar e faz a conexão com as empresas locais da cidade.

Outros lugares

Além dos lugares citados anteriormente, podemos trazer também a documentação das linguagens de programação, canais e vídeos do youtube, fóruns e canais do discord.

No entanto, esses lugares que acabamos de citar geralmente são utilizados para tirar dúvidas diversas e como apoio para estudo.

Conteige

O Conteige possui conteúdos para auxiliar novos e antigos programadores em sua jornada.

Além disso, o Conteige é uma excelente ferramenta que auxilia na automação de processos da programação como os deploys associados ao GitHub.

Acesse nosso conteúdo e tire suas dúvidas.

 

hospedagem para PHP, Java, WordPress, Ruby on Rails, Django, Node.js

hospedagem para PHP, Java, WordPress, Ruby on Rails, Django, Node.js